Entre Pedras

Portugal

Açores, Pico

Canada do Portinho, Prainha

André Ribeiro e Ricardo Pinto

Fator XPTO: Viticultura de loucos, feita por verdadeiros heróis.

Um projeto que sabe a(mar)…

As primeiras vinhas deste projeto plantam-se no Pico, em 2017, pela mão do viticultor André Ribeiro e do seu pai Gilberto Ribeiro: 1.3 ha de Arinto dos Açores no lado Norte e 0.15 ha de Verdelho no lado Sul da ilha. O projeto Entre Pedras nasce, 2 anos depois, da amizade de dois amigos de universidade (André e Ricardo Pinto, de Torres Novas) que partilham a mesma filosofia de vida e gostos profissionais. Depois de acabar o curso de agronomia e mestrado em viticultura e enologia quis o destino que os dois se voltassem a encontrar na vindima de 2019 na ilha do Pico.

Apesar de jovens acreditam que conseguem fazer muito com pouco, e foi assim que surgiu o vinho 2019, pouco mais de 500 garrafas, 100% Arinto que estagiou 1 ano num tubo lávico que encontraram debaixo da vinha que fez o vinho. Inquietos e movidos pelo querer, desmataram, levantaram paredes e plantaram, 0.6 ha no Sul e 0.5 hectares no Norte, bacelos que irão enxertar com Terrantez do Pico. Em 2020 criaram uma amizade com um viticultor da ilha e acrescentou-se uma vinha velha fantástica na Criação Velha, local onde acreditam estar localizado o terroir mais puro que a ilha tem para oferecer. Daí um novo vinho, 2020 de Vinhas Velhas.

Fãs de leveduras indígenas e enologia de intervenção mínima, trabalham na vinha para não trabalhar na adega… São mais que tudo vinhateiros, pessoas que trabalham a terra pedra! Só têm um objetivo, apesar de humilde, é o de engarrafar e fazer chegar a casa de cada um, o mar, o sal, a pedra e a montanha. Eles são, tal como o povo picaroto, tesos da verga!

Contactos

Voltar