Crónica 2018-02-02T16:34:17+00:00

Crónica

Portugal

Douro

Vila Real

Daniel Gomes

Fator XPTO: Há que amar e calar. Fazer Crónicas. E sobretudo beber vinho.

Agrónomo pela UTAD, no princípio não quis ficar no Douro e isso levou-me à Bairrada, ao Alentejo, ao Dão, à Beira Interior e finalmente, de novo ao Douro. Pelo meio os USA. Sempre viticulturista mas com os dois pés na adega.
Em 2007 imaginei o Crónica, mas só concluí esta aventura em 2017, com um Douro tinto de 2013 e um branco Alentejano de 2016. Orgulham-me como qualquer realização pessoal deve orgulhar e entusiasmam-me porque imagino as infindáveis Crónicas que ainda há por fazer. Por definição desde que o tema me interesse, posso fazer uma Cronica de uma casta, de uma região, de um processo… ou simplesmente deixar que a vida me conduza e daí extrair beleza. Espero criar vinhos apetecíveis, que se bebam com prazer, ou pelo menos que acompanhem momentos divertidos, especiais, normais, felizes… momentos que façam parte da alegria de viver.
Não tenho nenhum tipo de dogmas em relação ao vinho. A primeira vinha que plantei foi um Merlot na Bairrada, mas não sou o anticristo da tipicidade. Há uma incrível riqueza e maravilhosa complexidade nas vinhas velhas de castas misturadas que é criminoso não continuar ou pelo menos não destruir.
O vinho deve ser misterioso e emocionante mas acima de tudo divertido. Espero conseguir contribuir um pouquinho pequenino para isso.

Contactos

Voltar